Como Criar um Plano de Estudos Para Concurso Público

Plano de EstudoBoa parte dos problemas encontrados pela grande maioria dos concurseiros poderiam ser resolvidos facilmente com a simples adoção de um plano de estudos.

Como assim?

Isso mesmo. Dentre as principais dificuldades encontradas pelos que estão na luta por um cargo público, as principais queixas são referentes a: falta de tempo, falta de concentração, dificuldade para se organizar para assimilar uma grande quantidade de matérias entre outras queixas similares.

No entanto, apenas a adoção de um plano de estudos bem elaborado poderia reduzir em muito esses problemas e aumentar significativamente as suas chances de aprovação, visto que a sua preparação passaria a ser mais produtiva e eficiente.

O que é um plano de estudos?

Bom, como o próprio nome sugere, um plano de estudos é um planejamento da sua rotina de estudos para concurso público. Basicamente você irá definir quando, como e o que irá estudar.

Como montar um plano de estudos?

Essa é a parte mais legal, quando você reflete sobre as suas atividades no dia a dia logo de cara você já descobre algumas coisas interessantes sobre a sua rotina.

Há várias formas de criar um plano de estudos, mas vou detalhar aqui um jeito simples que eu acredito que seja mais prático.

Primeiramente você deve criar uma planilha, seja ela no Excel ou até no papel mesmo, a planilha deve ter 8 colunas e umas 50 linhas.

Nomeie as colunas com os dias da semana e as linhas com os horários (de preferência por meia em meia hora), dessa forma:Tabela de horário

Depois disso você deve ir escrevendo e riscando ou pintando os horários em que você está sempre ocupado e depois os horários em que você está ocasionalmente ocupado. Marque tudo o que você lembrar, desde tarefas grandes como trabalho até tarefas mais simples e corriqueiras como almoçar, tomar banho, afazeres domésticos e etc.

Os horários que ficarem livres são os horários em que você poderá organizar a sua rotina de estudos, por exemplo:

Digamos que você tenha a seguinte rotina (bem simplificada apenas para efeito mais didático):

– 08:00 as 18:00 – Trabalho

– 18:00 as 19:00 – Trânsito

– 19:00 as 21:00 – Jantar, tomar banho e etc.

– 21:00 as 23:00 – Livre

– 23:00 em diante – Dormir

Nesse caso, você terá pelo menos 2 horas por dia sem contar o final de semana para estudar, é aí que você deve distribuir seus estudos.

Por exemplo:

Segunda-Feira das 21:00 as 23:00 – Estudar língua portuguesa

Terça-Feira      das 21:00 as 23:00 – Estudar matemática e raciocínio lógico

Quarta-Feira     das 21:00 as 23:00 – Estudar informática

Quinta-Feira     das 21:00 as 23:00 – Revisar matérias

Sexta-Feira      das 21:00 as 23:00 – Fazer simulados

Veja que esse modelo bem simplificado já traz uma organização que torna o estudo muito mais eficiente e fica muito mais fácil manter uma disciplina e a constância nos estudos.

As vantagens são inúmeras:

  1. Melhora na concentração– Com a rotina, seu cérebro vai se acostumar com os horários e vai se habituar com isso, logo você começará a ter mais concentração nesses horários e absorver melhor a matéria.
  2. Falta de tempo– Com o plano de estudos você consegue identificar horários perdidos durante o seu dia e com isso você consegue alocar mais tempo para o seu estudo.
  3. Organização –Com a rotina organizada seus estudos serão mais produtivos pois você saberá sempre quando e o que deverá estudar e não vai ficar com aquela sensação de esquecer alguma matéria importante.
  4. Disciplina– Com os horários definidos fica muito mais fácil programar as atividades do dia de um modo que não atrapalhe seu momento de estudo.
  5. Colaboração– Se mora com outras pessoas, fica mais fácil também pedir a colaboração dos familiares para que naqueles horários você não seja interrompido ou tenha que parar para fazer outras coisas.

Com o tempo você pode ir aperfeiçoando o seu plano de estudos e consequentemente ir otimizando o seu aprendizado.

Faça um teste e veja como seus estudos vão ser bem mais produtivos.

Bom estudo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *